O Passageiro

Longa-metragem, ficção


Status: em captação
Direção: Rodrigo Bittencourt
Roteiro: Ismael Aragão
Produção Executiva: Angelisa Stein
Produtora: Valkyria Filmes

Filmagens: 2o semestre de 2020
Lançamento comercial: 1o semestre de 2021

O Passageiro

SINOPSE
Antes de ir para o trabalho, Rogério encontra uma embalagem vazia de teste de gravidez. Apressado, se despede da esposa e sai. No fim do expediente, pega uma Kombi lotada para voltar para casa e uma bala perdida lhe atinge o peito fatalmente. Após a tragédia, a Kombi é colocada à venda, mas ninguém quer comprá-la até que surge Marcos, que fica com ela e a coloca de volta às ruas. 
Coisas sobrenaturais acontecem: Marcos vê um vulto, uma voz o alerta de uma batida na Ponte Rio-Niterói, ele escapa milagrosamente de um acidente e sente uma presença estranha em todo o trajeto de volta para casa, até que é surpreendido pelo espírito de Rogério, que se comunica com ele. O espírito de Rogério não tem lembranças de sua vida, de como morreu e sequer sabe seu nome até o dia em que vê sua mulher e sua filha no mercado. Marcos promove um encontro emocionante entre eles, que irá unir os quatro para sempre.
 
DIRETOR: RODRIGO BITTENCOURT
Rodrigo Bittencourt é um multitalentoso artista: diretor de cinema e tv, roteirista, escritor, músico e
compositor. Ele escreveu e dirigiu os seguintes curtas:
- “Por acaso Gullar” (2006), selecionado para Festival do Rio e Festival de Cinema de São Paulo.
- “Procurando Jorge Mautner” (2007), selecionado para o Festival de Cinema de São Paulo. Esse
curta documentário, mais tarde, tornou-se um programa de tv, também escrito e dirigido por
Bittencourt;
- “Algum dia baby blues” (2009), prêmio de melhor ator no Festival de Cinema de Cabo Frio;
- “Who´s gonna f**k my wife” (2010), selecionado para o London Film Festival, Brazilian Film
Festival of Miami e Festival de Cinema de São Paulo.
- “Hiato” (2010).
Em 2012, escreveu e dirigiu seu primeiro longa-metragem, “Totalmente inocentes”. O filme foi a 5a
maior bilheteria do cinema brasileiro naquele ano, vendendo mais de meio milhão de ingressos ao
redor do país. Uma notável bilheteria para um novo diretor.
Em 2016, dirigiu “Real – O plano por trás da história”, um thriller político sobre o grupo de
economistas que criaram e implementaram o “Plano Real”, atual plano econômico brasileiro
adotado desde 1993.
Em outubro de 2017, iniciou as filmagens de seu terceiro longa-metragem intitulado “Missão
Cupido”.